Decoração não é calcinha

Quem acompanha este blog sabe que eu gosto de falar de cores na decoração. E eu geralmente mostro cores vivas, decorações mais ousadas. Mas minha mãe, leitora assídua, um dia pediu que eu fizesse uns posts mais “clássicos”. Conhecendo o que ela chama de clássico, me veio o bege na cabeça.

Essa cor é alvo de muito preconceito. Culpa das calcinhas. Aposto que você compraria um sofá nude, mas… bege??? Hummmm, meio sem graça, né? E minha resposta é uma só: bege é demais.

Originalmente beige, se referia a um tecido de algodão sem tratamento de cor, mantendo sua aparência natural – um creme rosado bem pálido.

quarto branco

Esta parede é beige de verdade. Os móveis brancos e os toques de azul dão mais alegria ao quarto. {HT}

Li outro dia que os cientistas definiram a cor média do universo, captando ondas eletromagnéticas de todo o cosmo (não me pergunte como). Essa cor foi batizada de cosmic latte, uma variação do famoso bege. Achei isso sensacional. E realmente o bege é uma cor neutra, que não puxa para nenhum lado, é morna, a cara do meio termo, a cara de uma média de cores. Mas não confunda isso com o bege ser uma cor sem graça, e sim que é uma cor que pode transitar por várias outras sem atrapalhar. Ela é boa de relacionamento😉

banheira com cortina

Olha esse banheiro... todo em tons de creme. Nada sem graça.

Lembre-se que linhas, texturas, iluminação e materiais escolhidos também influem no efeito do ambiente. As cortinas esvoaçantes, o tapete volumoso e as linhas rebuscadas dos móveis, além da iluminação do sol sobre a banheira, deixaram o banheiro um luxo. Mas ao mesmo tempo suave, tranquilo e delicado, nada chama muito a atenção. Só com bege, mesmo…

Até o Starck, que gosta tanto de branco, já se rendeu ao bege. As paredes em capitonê, a iluminação amarela e os espelhos trabalhados se responsabilizam por dar o tom desta loja de bolsas. Não dá vontade de ficar aqui um tempão? {Starck}

Você pode estar se perguntando se o branco não faria o mesmo efeito. Pense no contraste de qualquer cor com o branco. Agora pense com o bege. O contraste diminui, fica suavizado. O bege é uma cor mais conciliadora.

E, por falar em contraste, e o bege na teoria das cores? Ele vem do amarelo, indo pro vermelho, com bastante branco para tirar a saturação. Isso significa que os maiores contrastes, suas cores complementares, estão entre o roxo e o verde passando, lógico, pelo azul.

Os vários tons de bege estão próximos ao centro do círculo, na linha do amarelo e laranja. E suas cores complementares são as que estão exatamente opostas.

Lembra que o beige era rosado? Quanto mais rosada for a cor, mais ela vai contrastar com os verdes azulados, o famoso turquesa. E quanto mais amareladas, mais contrastantes com o roxo ou azul.

piso bege

Os vasos roxos deram uma vida para este ambiente super neutro, com o piso bege. {FH}

sala azul turquesa

Com muito branco e bege, a sala ficou leve. O toque de turquesa clarinho deu movimento. {ES}

Mas não é só de contrastes que vive o bege. As cores análogas, as mais próximas, também fazem muita diferença na decoração. Uma das misturas mais elegantes é com madeira, clara ou escura.

mesa de jantar

Esta sala é quase monocromática, com o piso e os pés das cadeiras em madeira clara, conversando com os tecidos do tapete, das cortinas e cadeiras. A mesa também é de madeira, em outro tom. E as luminárias ainda acrescentam o marrom para puxar os olhares para cima. {ES}

lareira na sala

O marrom é uma ótima mistura com o bege. O ambiente fica mais sóbrio, mas super aconchegante. {LC}

Aliás, repare no tapete cumprindo o papel de integrar os elementos da sala. Lembra do post de tapetes?

E por que não ousar com tecidos brilhantes e toques de dourado? É nisso que você pensa quando te falam de um ambiente "bege"? {FH}

Não é porque tem bege que tem que parecer calcinha…

OBS – Todos os links nos textos dos posts do Casa da Idea são para outros posts dentro do blog, explore!

Imagens:

FresHome

Lichten Craig

Elements of Style

Starck

House of Turquoise

Add to Facebook Add to Twitter

8 respostas em “Decoração não é calcinha

  1. Adorei tudo também!Estou na dúvida qual cor de sofá eu compro para colocar na minha sala com piso bege. To pensando em colocar uma textura vinho na parede da televisão.

  2. Olá Manu….
    Estou fascinada com seu site…estou de ferias e passei a tarde toda hj,olhando tudo…
    Tenho uma duvida e gostaria de saber se voce responderia para o meu email….
    Obrigada
    Tatiana

  3. Pingback: Gotas de laranja « casa da id&a

  4. Pingback: O que fazer com um sofá amarelo? « casa da id&a

  5. Olá, acabo de comprar ceramicas bege para minha sala e escritório, e ver essas dicas de decoração me ajudou ainda mais a pensar nos comodos prontos. São lindos!!!
    Naiane

Os comentários estão desativados.