Sobre Manu Mitre

Sou Engenheira Química e Designer de Interiores. Sim, sou super generalista e me envolvo em todos os assuntos que existem, adoro. E isso dá um resultado muito interessante. Comecei com o meu próprio apartamento, mudando até a cozinha de lugar. E ficou sensacional, sem falsa modéstia. Criei o Casa da Id&a em 2009 para mostrar um pouco o que eu acredito ser Design de Interiores de verdade – inspiração, design e arte. Sem “pode” ou “não pode”, o que importa é a mensagem e a sensação que o ambiente transmite.

Estamos de casa nova, vem visitar!!

Depois de quase 3 anos de blog, estava na hora de uma reforminha, né?

E o novo visual vem acompanhado de novas funcionalidades, navegação e busca mais fáceis, além de espaço para muito mais novidades que estão no forno.

Fique à vontade, a casa é sua 🙂

Truques pro Apartamento Parecer Maior – Branco Milagroso

Na série de posts sobre como fazer um ambiente parecer maior já falamos de trazer luz e permitir que o ar passe pelos móveis. Mas eu ainda não falei da primeira dica que todo mundo dá: do branco milagroso.

sala de almoço com bancos e cadeira eames

Mas o branco não é milagroso, porque ele não age sozinho. Quais dicas você já consegue identificar na foto 1? Bastante luz natural, integração de ambientes sem paredes e pés nos móveis com bastante chão à mostra. O branco é só um dos elementos que ajuda a deixar o ambiente mais amplo. Mesmo assim, o efeito mais importante não é da cor isoladamente, mas da composição monocromática.

8. Disfarce quinas usando a mesma cor em todas as paredes, cortinas, portas e janelas. É a mesma história que falei sobre evitar sombras muito marcantes. Paredes com cores diferentes vão quebrar o ambiente em partes e escancarar os seus limites. Cores contínuas fazem as quinas desaparecerem.

pintar parede atrás da cama

9. Use um rodapé alto e da mesma cor que o piso. A impressão é de empurrar o limite um pouco mais pra frente.

paredes pretas na sala

Na foto 3 você consegue perceber o uso de paredes pretas disfarçando os limites entre elas. O teto branco em contraste é quem “acusa” o tamanho real neste caso. Se você tem um pé direito generoso (boa altura total do piso ao teto), você pode fazer um rodateto na mesma cor do teto e provocar a mesma sensação. Ou se beneficiar de um efeito que eu chamo preto infinito, dá uma olhada.

parede azul sofa rosa

Viu como o branco que amplia ambientes? Só que não 😉

Imagens: 1 | 2 | 3 | 4 |

Objeto #5: Quem é que tem um monte de pintinha?

Imagem

E vamos que vamos na Série 52 objetos, em que falo de uma peça especial da minha casa a cada semana aqui no blog. O meu objeto de hoje é a… galinha pintadinha!

galinha para guardar milho de pipoca

Truques pro Apartamento Parecer Maior – Luz e Espelho

Outro dia eu fiz um post com dicas para aproveitar melhor espaços em apartamentos pequenos, já publicamos até alguns móveis multifuncionais para ajudar, e prometi que depois eu ia ajudar nos truques visuais pro ambiente parecer maior. Cá estamos 🙂

Mas são tantas dicas que resolvi fazer uma série, tá? Lembrando que você não precisa fazer tudo ao mesmo tempo, são possibilidades que devem encaixar com o restante da sua proposta para o espaço. E nenhuma dica é milagrosa, todas tem seus prós e contras. Bora lá?

1. A primeira dica: garanta uma boa iluminação natural. Nada mais claustrofóbico do que entrar num lugar escuro, em que você sai tropeçando nos móveis. Aproveite o sol que entra pelas janelas ao máximo, isso também vai ajudar a transmitir uma sensação de lugar bem ventilado.

sala com janelões

2. Evite provocar sombras muito marcadas para não quebrar o espaço em pedaços. Se você tem a sorte de ter muitas janelas mas o sol entra queimando o sofá, use cortinas lisas e translúcidas para filtrar a luz, as sombras desaparecem sem se perder tanta luminosidade. E à noite prefira luz indireta arquitetural: como a luz vem em diversas direções, as sombras são mais suaves do que dos famosos spots embutidos.

cortina branca na sala

3. Use um espelho grande para difundir ainda mais a luz, instalado-o na parede ao lado ou oposta à janela principal. Desta forma você ainda traz a paisagem para dentro de casa.

parede de espelhos

4. A foto acima é um ótimo exemplo de uso do espelho porque além de o espelho refletir a luz do dia, duplica espaços e elementos, fazendo a sala parecer ter o dobro do tamanho. Mas atenção! Pense bem no que você quer “duplicar” no ambiente – uma janela, espaço vazio, uma porta, um monte de armários? Podemos dobrar a sensação de espaço se posicionarmos o espelho adequadamente, mas também podemos dobrar a quantidade de “coisas” e conseguir o efeito inverso – uma bagunça visual. Já vi casos do espelho parecer um portal para o além – não reflete nada, vira um retângulo cinza na parede refletindo um teto sem graça.

como usar espelho na sala de jantar

Está gostando das dicas? Você usa alguma dessas na sua casa? Conta pra gente se realmente funciona!

Continua…

Imagens: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 |

Objeto #4: Meu banquinho Bubu

Imagem

Nem acredito que estou na quarta semana do projeto 52 Objetos 🙂

E já que na semana passada falei da minha poltrona de amamentação, resolvi já falar da minha mesinha de apoio.

mesinha lateral iluminadaE agora um pedido: o Casa da Id&a está concorrendo ao Top Blog 2012, um prêmio importante para nos dar uma força a continuar trazendo novidades bacanas sempre. No ano passado ficamos nos Top 30 da categoria e em 2012 conto com a ajuda de vocês para mudar de patamar. Você pode votar com seu perfil do Facebook, com seu Twitter e com todas suas contas de e-mail. Depois compartilha com os amigos e vamos dominar o mundo! Vota aqui, corre!

Piso laminado na cozinha, pode?

Você já viu que este mês eu sou a profissional responsável por responder perguntas dos leitores da Casa Cláudia? Corre lá pra me prestigiar 🙂

E surgiu uma pergunta bem interessante que achei bacana contar a resposta pra vocês também.

Posso colocar piso laminado na cozinha?

Já faz um tempo que a cozinha virou um ambiente social, onde a gente cozinha junto com os amigos e bate papo no fim do dia com a família. Cada vez mais queremos uma cozinha integrada com a sala. E para promover a integração visual desses ambientes, e não deixar a sala com cara de cozinha, podemos usar os mesmos materiais, cores e estilos.

painel de madeira na cozinha

cozinha integrada

Utilizar o mesmo piso é uma boa opção e a integração visual fica nítida. Porcelanato, alguns tipos de pedras naturais, cimento queimado e ladrilhos hidráulicos são ótimas alternativas para isso. Acontece que todos esses são pisos frios e, às vezes, a gente quer madeira, mesmo, bem aconchegante. Mas… tem que ter muita grana pra forrar a casa inteira de madeira, né? Os pisos laminados são uma alternativa comum para trazer essas sensações da madeira para dentro de casa, apresentam uma boa durabilidade e são de manutenção simples. E aí surge a pergunta: e na cozinha, dá certo?

A resposta é: pode. Mas, como tudo na vida, é uma escolha que envolve alguns impactos. O piso laminado não pode ser lavado com água, como é costume aqui no Brasil. A limpeza é com um pano úmido e sabão neutro, somente.

Ou seja, se você é um gourmet de mão cheia, adora experimentar mil receitas, refoga arroz diariamente, cozinha bastante ou faz frituras com alguma frequência, é bom ficar atento. De duas uma: o piso vai ficar sujo e manchar, durando pouco, ou você vai ter um trabalhão para manter limpinho.

Mas, se você é do tipo prático que compra lasanha congelada e só tem o trabalho de colocá-la no micro-ondas, não é nada grave. A limpeza que o piso da cozinha vai demandar vai ser similar à do piso da sala de jantar. E se você um dia resolver cozinhar pra fazer graça, é só limpar conforme orientação do fabricante depois. De qualquer forma, o cuidado para não encharcar o piso lavando louça continua valendo, ok?

Você tem piso laminado na cozinha? Conta aí pra gente se você acha que deu certo!

Imagens: 1 | 2

Quer saber mais sobre tendências na cozinha?  Falei disso lá no Conversa na Cozinha em 2011, lembram?

E tem também algumas dicas sobre cozinhas americanas, sobre o uso de depuradores e coifas em cozinhas integradas e, por que não, ter um sofá na cozinha.

Decoração bem brasileira

Na segunda-feira fiz um post sobre a decoração em verde e amarelo para comemorar a Semana da Pátria, você viu? Se não viu porque acha que não tem nada a ver, vale a pena dar uma olhada. A inspiração na bandeira do Brasil não necessariamente tem cara de jogo de futebol.

Entendeu? Olha outro exemplo aqui:

Mas, se o objetivo é dar uma cara beeem brasileira à sua decoração podemos nos inspirar em outras referências, como nosso clima, nossa cultura, nosso design…

… e até esquecer das cores da bandeira.

namoradeira na janela

Santinhos, renda, cerâmica vermelha, ladrilho hidráulico… o que você acha que faz uma casa ser tipicamente brasileira?

Imagens: 1 | 2 | 3 | 4 | 5

Objeto #3 – Minha poltrona de amamentação :)

Imagem

Como amanhã é feriado (e tem post especial), adiantei meu objeto pra hoje, tá? Mas pra amanhã tem um super bacana saindo do forno!

poltrona egg vermelha com banqueta

Para saber mais sobre designer desta poltrona: Arne Jacobsen

E, para não perder o costume, o Casa da Id&a está concorrendo ao prêmio Top Blog 2012, corre lá pra votar!

Decoração patriota, por que não?

Sexta-feira é feriado, disso todo mundo sabe. É Dia da Pátria, uma comemoração pelo dia em que o Brasil se declarou independente de Portugal. O que me faz pensar na nossa bandeira. No Brasil não temos o costume de pendurá-la a não ser em anos de Copa do Mundo, quem dirá se orgulhar dela a ponto de incluir na decoração da própria casa. Aposto que tem mais gente aqui que usa a bandeira britânica na decoração, mas nunca toparia um verde e amarelo, tô errada? E eu pergunto: por que não?

frontao de cozinha em verde e amarelo

O verde e o amarelo são cores análogas e, por isso, bem harmônicas. É uma combinação do mesmo tipo e tão bacana quanto o roxo e o azul, o azul e o verde ou o roxo e o vermelho.

O amarelo, cor do sol, e o verde, cor das folhas das árvores, fazem uma combinação que é a cara da Natureza, que transmite vida e muita alegria.

piso amarelo e parede verde

sala branca com detalhes em verde e amarelo

sala de estar moderna e alegre

fachada amarela com porta verde e trepadeira

Se você realmente tem o medo de se sentir num estádio de futebol em tempo de Copa do Mundo, você pode usar outras matizes do verde e do amarelo (as mesmas cores, mas mais esbranquiçadas ou acinzentadas) .

sofa verde claro e branco

sala de estar com parede amarelinha

parede verde acinzentada e quadro preto e branco

Ou brincar com acessórios, pequenos detalhes na casa que ajudam a trazer vida e movimento sem sobrecarregar a casa de cor.

sala de estar moderna cinza e branca

E, então, me diz: não fica lindo?

Imagens: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9

Objeto #2 – Se minha casa pegasse fogo

Imagem

decoração fotos