Viga sem vergonha

Muita gente tem medo de vigas.
“Quebrar a parede? E vai ficar aquela viga horrorosa aparecendo?”. Não dá pra quebrar, mesmo, tem que conviver. Mas existem soluções lindas para tirar proveito delas. 
viga no meio da sala

1. Com uma base de mdf sob a viga você ganha uma prateleira que pode ser útil para guardar livros ou deixa espaço para quadros.

como disfarçar vigas no teto

2. Pra quem tem um monte de vigas poder ter um monte de espaço para guardar livros.

como disfarçar viga

3. Quebrou a parede e ficou uma viga no meio? Um painel de gesso sob a viga com iluminação embutida pode se transformar em um eixo de simetria aparentemente proposital.

forro de gesso para disfarçar viga

4. Outro exemplo de forro de gesso disfarçando a viga. O alinhamento com o aparador equilibra o ambiente.

iluminação no forro de gesso

5. Usar as vigas como suporte para uma mini sanca pode resolver toda a iluminação do ambiente. Experimente colocar uma lâmpada T5 😉

6. A sala ganhou a área do quarto e levou as vigas de quebra. O retângulo no teto delimita o espaço do escritório, alinhadinho com o tapete.

 
Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6

Irmãos Campana no Theatro Municipal de SP

Esta semana o Theatro Municipal de São Paulo, totalmente reformado, comemora seu centenário. Inaugurado em 12 de setembro de 1911 com a intenção de incluir a cidade nos roteiros internacionais de óperas e concertos, sua arquitetura foi inspirada na Ópera de Paris. Com uma mistura dos estilos Renascentista, Barroco e Art Nouveau, a arquitetura e decoração do Teatro, que abrigou nada menos que a Semana de Arte Moderna de 22, transbordam luxo.

reforma teatro municipal sp
1. Os estofados e carpetes vermelhos da platéia foram reintroduzidos nesta reforma
E você consegue imaginar, no meio de tanta pompa e em um ambiente tão tradicional, o que os Irmãos Campana fariam quando convidados a decorar o café restaurante do teatro?
 
café do theatro municipal de sp

2. Este era o ambiente antes da reforma. Além de destruído, estava bem sem gracinha, não? Essa toalha de mesa azul marinho me lembra aqueles coffee-breaks de palestras da "firma", sabe? E esses vasos de plantas estavam bem improvisados, cá entre nós.

 Os designers se preocuparam em fazer um projeto com conceito: “multiplicar a visibilidade dos elementos arquitetônicos da sala e dialogar com eles”. Isso significa que a ideia não era chocar ou criar grandes contrastes, mas valorizar a arquitetura do Theatro.

café theatro municipal campana

3. E ficou assim! A reforma das paredes e do teto revitalizou o ambiente. As cadeiras e o layout básico foram mantidos, mas que diferença!

 Um primeiro olhar não acusa que foram os Irmãos Campana que passaram por ali. Eles atingiram o objetivo de dialogar com o restante do ambiente. A tom escuro da madeira das cadeiras se repete na bancada, na porta e nas luminárias. Assim como os tons dourados das pinturas das paredes e teto estão nas mesas e luminárias. A “conversa” fluiu.
 
mesa dourada do bar do Theatro municipal de sao paulo

4. Mas um olhar mais atento percebe que aquela bancada do bar agora é sinuosa e moderna. O espelho de bronze, presente também nos tampos das mesas, cumpre o papel de refletir a beleza recuperada dos afrescos, "multiplicando a visibilidade dos elementos arquitetônicos", super em linha com a proposta.

cafe restaurante do theatro municipal de sao paulo
5. Os formatos irregulares e assimétricos, bem característicos dos irmãos, estão presentes nas mesas, luminárias e espelho, criações da dupla. Esse toque de personalidade traz o ar de modernidade e ousadia, tirando o bar e restaurante do lugar-comum, mas não impede que a decoração continue super harmônica com a arquitetura clássica e luxuosa do Theatro.

Eu, que já era fã dos Irmãos Campana e sabia que fariam um excelente trabalho, confesso que fiquei surpresa (positivamente, claro) com a delicadeza e coerência com que eles fizeram este projeto. Lindo, elegante e harmônico, mas sem perder a ousadia 😉

 
Imagens: 1, 2, 3, 4, 5

Ford na Cozinha

Os administradores, engenheiros e marketeiros vão se lembrar de Ford e da obsessão por produtividade que ele tinha, chegando a dizer que poderiam ser produzidos automóveis de qualquer cor, desde que fossem pretos. O motivo disto era que a tinta na cor preta secava mais rápido e os carros poderiam ser montados mais rapidamente.

Os arquitetos também enxergaram na cozinha as células de trabalho especializadas: o fogão, a geladeira e a pia. A partir dessas células, analisaram o processo de preparação de alimentos para otimizá-lo e eliminar movimentos inúteis.

planejamento cozinha

Com esse estudo, nos anos 50, surgiu o work triangle (triângulo de trabalho) para que a preparação de alimentos ocorresse de maneira funcional, com a máxima eficácia, evitando o risco de acidentes e congestionamento de pessoas dentro do cômodo.

distribuicao cozinha

Algumas regras básicas do work triangle na cozinha:

1 – A distância entre um vértice do triângulo e outro deve estar entre 1,20m e 2,75m para otimização de espaço e ergonomia.

2 – Não pode haver nenhum móvel  no caminho desenhado pelo triângulo – mesas de almoço, armário… nada!

3 – O triângulo não pode estar no caminho de pessoas que não estejam cozinhando, como as que entram na cozinha só para pegar uma bebida na geladeira.

melhor posicao cozinha

Diversas disposições para formar o triângulo.

O work triangle é um ponto de partida importante para desenhar uma cozinha. Mas muita coisa mudou nos últimos 60 anos, quando ele foi concebido. Inúmeros eletrodomésticos que não foram contemplados no estudo se popularizaram – micro-ondas, lava-louças, forno elétrico, cooktop, para citar os mais importantes. Para ajudar a fazer um projeto de cozinha com funcionalidade, os vértices do triângulo podem ser alterados para setores, em vez de eletrodomésticos, como armazenagem (geladeira, freezer e despensa), limpeza (pia e lava-louças) e cocção (fogão, micro-ondas, forno e cooktop).

E o estilo de vida de cada um é bastante relevante também. O conceito de que somente uma pessoa prepara os alimentos já não é sempre verdade – muitos maridos entram na cozinha para ajudar (ou pelo menos tentam), alguns até convidam amigos para servir sua mais nova receita de risoto, viram verdadeiros chefs, e os convidados resolvem entrar na farra para checar o corte daquela faca nova que ele tanto falou.

cozinha moderna

Olha que delícia! Dá até vontade de cozinhar…

As cozinhas abertas e ilhas estão cada vez mais populares, já que a cozinha está virando o centro social da casa, cômodo que antes era escondido e considerado “área de serviço”. E com tudo isso, o vai e vem na cozinha muda bastante. No meu apartamento, por exemplo, como a cozinha é aberta para a sala de jantar e estar eu eliminei a entrada de serviço. Eram duas portas que levavam ao mesmo lugar e ocupavam uma parede que seria útil para colocar armários.

Mas vamos observar com outros olhos algumas cozinhas lindas e super modernas.

cozinha azul e madeira

Esta cozinha parece funcional para você? Tente encontrar o triângulo. Aqui você só anda de lado.

cozinha moderna

Imagino que aqui todas as travessas vão do forno direto pra sala, né? E ninguém passa no corredor enquanto isso, hein?

cozinha clean

No caminho entre a pia e a geladeira temos dois móveis e um corredor, imagina a quantidade de tropeços e a caminhada diária para se cozinhar aqui.

Mas nem sempre a funcionalidade ao cozinhar é a prioridade. Tem gente que só tem cozinha para não morrer de fome, mora em kitchenettes super apertadas. Também é uma tendência de comportamento e tem gente cuidando disso. Olhem as cozinhas conceito all in one aí embaixo.

design cozinha

Geladeira, micro-ondas, pia e lava-louças. Linda, não?

design na cozinha

É sensacional, mas eu ia ficar meio tonta de ficar andando em círculos.

design de bancada de cozinha

Esta é boa para quem cozinha de verdade só de vez em quando.

Mas eu prefiro uma cozinha de verdade, completinha e funcional. E pra isso não precisa ser nada longe de ma-ra-vi-lho-sa.

cozinha vermelha preta e madeira

Divertida e inesperada, a minha cara esta daí.

cozinha clean e contemporanea

Ampla, integrada, minimalista e funcional. Excelente.

cozinha moderna branca

Toda branca, super equipada e linda.

Viu como dá pra conciliar estética e funcionalidade?

Mais um post de cozinha AQUI.

Fontes: NAX, Dynamicspace

Imagens: Design Milk, Weburbanist, Record Cucine e TokStok