Paisagismo: Os jardins da Mostra Casa Black

Por Isabela Herbetta

Semana passada postei lá no Casa Bela o ambiente que mais gostei da Mostra Black e deixei pra comentar por aqui sobre os jardins! Minha parte favorita, é claro…

Os paisagistas que participaram tiveram propostas bem diferentes, por isso vou comentar sobre os três projetos e depois vocês me falam qual o preferido! Combinado? E no final ainda conto como traduzir a inspiração da mostra em idéias para sua casa.

1. Gilberto Elkis

O clássico paisagismo residencial, revisitado e sofisticado. Uma grande piscina domina o espaço, mas não se engane, ela é revestida de pedra Água Marinha com solário em Mármore Travertino Anticato, ultra chique.

A vegetação é densa e tropical, criando composições onde nenhuma espécie se sobressai à outra, como uma coleção escolhida a dedo.

O mobiliário é colorido e moderno, criando cantinhos de estar bem convidativos junto ao jardim, complementados com incríveis vasos de pedra da Indonésia, lanternas e fogueiras.

Como levar este jardim para sua casa?

Plantando (em vasos ou no chão) diversas espécies diferentes de folhagens, com alturas variadas, fazendo um jogo de formas, padrões e texturas verdes. Criar um contraste com a vegetação densa através de áreas amplas e abertas, com móveis modernos e áreas de estar soltas pelo ambiente.

espreguiçadeiras dentro da piscina

pufes para área externa

piscina com jardim iluminado

Imagens: UOL

2. Alex Hanazaki

Um jardim mais arquitetural. Neste projeto se sobressai o desenho do paisagista, composto de áreas bem demarcadas de deck, pedra, água e plantio.

Algumas espécies são utilizadas como elementos de destaque, como as grandes cerejeiras de 50 anos de idade, enquanto temperos variados (hortelã, manjericão, salsinha, alecrim, etc.) forram canteiros ortogonais.

O mobiliário e cobertura se mesclam à paisagem, utilizando madeira rústica, metal e corda.

Como levar este jardim para sua casa?

Utilize uma espécie de destaque, como uma árvore bem ornamental, em alguns pontos-chave do ambiente, de preferência alinhadas. No restante da área, crie composições bem definidas pelo desenho e repetição de uma mesma espécie. Móveis e outros revestimentos bem rústicos e naturais.

jardim com árvores em canteiros

cobertura de jardim

canteiros com temperos

Imagens: UOL e Luciana Giuliani

3. Luiz Carlos Orsini

Neste projeto o foco está no percurso que exibe espécies exóticas. Como em um jardim botânico, o paisagista convida o visitante a admirar mudas raras de visual interessante e em geral desconhecido, em grandes conjuntos.

Todo o restante é neutro deixando o foco nas plantas, um caminho de pisadas de pedra, forrações bem rasteiras, e um lounge descontraído e sem excessos.

Como levar este jardim para sua casa?

Escolha algumas espécies que sejam raras e bastante exóticas. Crie grupos com elas, sem misturá-las, de forma que possam ser observadas e admiradas. O restante do espaço não deve competir a atenção com as plantas, mas também podem ser utilizados alguns móveis de visual inovador.

jardim com caminho de pedras quadradas

sala ao ar livre

casa de cachorro em formato de ovo

Imagens: UOL

E então, qual o estilo preferido de vocês?

___________________

Já conhece o blog da Isabela?

Casa com jardim é tudo de bom

Com 4 filhotes de maltês, além da mãe, uma horta com hortelã, pimenteiras, alecrim, um projeto de roseira, uma amoreira, umas 5 oliveiras e 3 tomateiros, meu apartamento de 80 metros quadrados, sem varanda, está ficando pequeno. Ando sonhando com jardins e salas abertas, com uma sala ampla e armários que guardem tudo que hoje fica empilhado num canto. Em resumo, está chegando a hora de procurar outro lugar para morar.

Enquanto isso não acontece, compartilho com vocês os meus sonhos…

Neste minuto tudo o que eu queria era levar minha cama pro quintal, ficar enrolada no edredom e deixar alguns raios de sol me aquecerem. {around}

sala no jardim

Adoro essas salinhas montadas no jardim. O teto protege do excesso de sol e os sofás convidam para ler uma revista despretensiosa, tomar um chá no fim da tarde, um vinho com fondue para espantar o frio ou simplesmente não fazer nada. {DD}

mesa e cadeiras coloridas

Um picnic a la Chapeleiro Maluco, várias cadeiras diferentes e tudo super colorido. {around}

jardim interno

Adoro a arquitetura das casas espanholas, com o jardim interno. Elas tem que ter o jardim voltado para o norte (no hemisfério sul) para que receba sempre sol. {DD}

Esse inverno frio e nublado de São Paulo me dá tanta saudade de um dia ensolarado, com o céu azuuuuul…

cadeiras coloridas

Adorei esta varanda que integra a vista à decoração. Muita madeira e tecidos coloridos para alegrar e descontrair. {DI}

Muita janela para deixar o sol entrar. E olha o cantinho infantil – cadeiras Panton e mesa Saarinen, chiquérrimo. {BB}
paredes de vidro

Esta cozinha é perfeita para curtir o quintal nestes dias frios. Muito vidro para proteger do vento e da chuva, mas você se sente no meio do jardim, rodeado de plantas e natureza. {axpe}

varanda gourmet

Agora é moda ter uma varanda gourmet. Modismos à parte, olha que delícia este cantinho. A parede de cor quente, muita madeira e os tecidos e azulejos estampados em azul e branco dão um charme todo especial. De novo o telhado que só filtra um pouco do sol e deixa suas sombras darem ainda mais aconchego e informalidade ao ambiente. {axpe}

varanda gourmet

Se eu tivesse uma casa com esse quintal, seria uma jabuticabeira no centro, muitas frutas e flores ao redor, que trazem um monte de passarinhos e borboletas e nos fazem sentir na fazenda por um minuto. Um forno de pizza e uma churrasqueira para curtir o fim de semana ao ar livre com os amigos. {DI}

É… vou ter que começar a procurar…

Add to Facebook Add to Twitter

Imagens:

AxPe, Desire to Inspire, Around my Table, Dear Designer, Bright Bazaar, House of Turquoise

Decoração rústica e elegant – Hotel Design Tierra Atacama

Um hotel boutique em pleno deserto do Atacama, no Chile. A princípio não faz muito o meu estilo, mas merece meu respeito sincero o fato de que os arquitetos* e decoradores** conseguiram transmitir o conceito pretendido muito bem – preservar a cultura local e suas influências proporcionando relaxamento e aventura aos hóspedes. Parece tão difícil combinar esses dois últimos, não? Eles conseguiram.

casa de pedra

A fachada do hotel, com pedras, barro e madeira, não agride a paisagem, ela se integra, realmente fazendo parte do deserto.

iluminação área externa

E nem por isso ele é sem graça, muito pelo contrário. Não te deu vontade de dar um pulinho por lá?

lareira externa

Isto aqui é mais que relaxante… nada para roubar a beleza da natureza, tudo muito harmônico, aconchegante e informal. Fica claro que a aventura está no deserto, e que aqui é lugar para descansar e jogar conversa fora…

decoração com banquinhos de pele

O uso de materiais e artesanatos locais compõem perfeitamente com a arquitetura e o conceito. Lãs de llamas e alpacas aquecem os ambientes com muita delicadeza e criatividade.

decoração com paredes de pedra

A piscina e o spa são moderníssimos, mas nem por isso deixaram o ambiente sem vida. O rústico que fica chique.

decoração com tapete de vaca

Os quartos e banheiros são modernos, com acabamentos de primeira, mas a sensação que a madeira, a lã, o couro, as impressões nas paredes e até a cortininha de bambu passam é só paz e tranquilidade, mesmo.

Isso significa que é possível fazer um hotel luxuoso de bom gosto com decoração rústica.

* – Rodrigo Seale, Matias Gonzalez, Colin Henry e Andrea Borraes
** – Alexandra Edwards e Carolina Delpiano

Imagens: Tierra Atacama

Hotel Design – Seminaramis Atenas – Karim Rashid

O Hotel Semiramis fica em Atenas e foi totalmente projetado e decorado por Karim Rashid, seu primeiro hotel. Ele diz que os hotéis da atualidade nos fazem sentir no século passado, e essa seria a última coisa que ele gostaria de fazer. Realmente, o rosa que ele tanto gosta está em toda parte mas, desta vez, ele optou por tons pastéis. O que não significa que o hotel tem cara de Barbie, muito pelo contrário, a coordenação com outras cores, texturas, grafismos e linhas orgânicas traz a energia positiva que o dono do hotel tanto se orgulha.

hotel design grecia

A fachada vista da piscina. O colorido não disfarça – é do Karim Rashid.

A piscina de linhas orgânicas.

parede rosa poltrona preta

O lobby do hotel, o mais próximo que Rashid chegou de “sério”.

hotel design rosa e azul

O restaurante repleto de móveis dele.

decoracao quarto rosa

Um dos quartos com o uso mais sutil das cores, deixando o ambiente mais aconchegante.

banheiro amarelo e azul

O banheiro, separado do quarto por um painel de vidro curvo. Repare na simplicidade dos metais e acabamento.

decoracao e iluminacao de bar

O restaurante à noite, me lembrou o Majik Cafe, dele mesmo.

Imagens: Design Hotels, Seminaramis