Cores na Decoração

As perguntas mais frequentes em revistas de decoração são as relacionadas a combinação de cores em um ambiente. Pelo menos são as que mais me chamam a atenção. E aí vem um monte de explicações com base na Psicologia das Cores, na Cromoterapia, no Feng Shui e até do estado de espírito de quem responde.

Você até vai encontrar listas de cores com as sensações que teoricamente cada uma delas passa. Mas isso vai variar taaaaaaanto com a cultura da pessoa que viverá no ambiente, suas memórias, gostos pessoais… E vai depender da combinação das várias cores de todo o ambiente, das tonalidades, estampas e texturas escolhidas, da iluminação… enfim, infelizmente não existe uma resposta fácil e única para uma pergunta como essa.

Existem, sim, técnicas para desenvolver uma paleta de cores para um site, uma pintura ou qualquer arte visual, que vou falar um pouquinho aqui. Mas é importante lembrar que a técnica não substitui o famoso “conceito”, que falamos no post sobre inspiração. O mais importante é sabermos qual a mensagem que queremos transmitir, as sensações que queremos provocar nas pessoas que estiverem no ambiente. E se a gente usar aquela técnica de procurar uma imagem que nos transmita essa sensação, as cores estarão embutidas nessa escolha, pode apostar.

Mas vamos lá… este é um mapa de cores, ou um círculo cromático.

decoracao

Círculo Cromático

Ele é feito a partir das cores primárias (vermelho, amarelo e azul). As misturas de cores, duas a duas, geram as cores secundárias, que ficam no meio do caminho entre as primárias que a originaram. Por exemplo: amarelo + azul = verde. E as terciárias são combinações de uma primária com uma secundária. Por exemplo: o verde + amarelo = verde claro. Do lado esquerdo, entre o magenta e o amarelo, estão as cores quentes. Do outro lado, entre o violeta e o verde estão as cores frias.

Vamos ver agora como utilizar o círculo cromático.

circulo das cores

Monocromático – utiliza diferentes intensidades, texturas e brilhos da mesma cor.

Edward Burne Jones – a mesma cor precisa ter intensidades e texturas diferentes para definir o desenho.

decoracao vermelho

Ordos Concert Hall – todo em vermelho. As diversas texturas delimitam os objetos ou regiões, como a cortina mais brilhante, a parede estampada pelas sombras do relevo dos detalhes, o carpete liso, e as poltronas de um tecido mais opaco.

É muito difícil encontrar um ambiente totalmente monocromático. E é perigoso fazer um ambiente assim. O uso de uma cor só pode trazer incômodo, seja pela monotonia de uma cor mais neutra ou pelo excesso de energia das cores mais vivas. Aqui, mais do que nunca, o jogo de texturas é o responsável pela beleza, assim como no desenho de Edward. Um banheiro totalmente branco pode ficar bacana, mas eu usaria tintas ou acabamentos diferentes no piso, nas paredes, nas áreas secas e molhadas, no teto, na bancada, para adicionar movimento.

cores decoracao

Cores análogas, que estão próximas no círculo cromático.

Uma pintura de Monet, em que ele utiliza o laranja para destacar as portas do restante da fachada. Existe uma cor predominante, e a análoga traz profundidade no desenho.

cores decoracao

O azul é uma cor fria e os tons de violeta são um pouco mais quentes, como estão ditribuídos na mesma proporção pelo ambiente, fazem uma combinação suave e alegre.

Uma combinação parecida com a anterior, com cores mais escuras… aqui me sinto mais intimidada, um ambiente um pouco mais formal.

sala verde

Tons de verde e azul, as cores da natureza. Eu sinto tranquilidade e vida num ambiente assim.

O uso de cores análogas talvez seja o mais fácil de todos, quase não tem erro. Mas lembre que a mesma cor pode passar uma mensagem totalmente diferente dependendo das texturas, intensidade da cor ou linhas dos móveis que você utiliza.

cores decoracao

As cores complementares ficam opostas no círculo.

O contraste do verde e do vermelho traz vida para um desenho de cores pálidas.

sala roxa e amarela

O contraste entre cores complementares é o maior de todos. Chama bastante a atenção e é ótimo para dar destaque a um móvel, por exemplo.

Esta foto gerou um novo post só sobre a combinação de roxo e amarelo AQUI.

combinar cores

Uma variação do uso de cores complementares é trabalhar com as cores análogas à que seria complementar… dá mais complexidade à combinação.

Olha como Monet traz suavidade ao contraste com o uso desse tipo de combinação.

quadros na parede

O azul brinca com o amarelo e o marrom. Amarelo e azul são cores marcantes, mas são atenuadas pelo marrom. Fica aconchegante e alto-astral.

circulo das cores

Tríade – cores separadas pela mesma distância.

Andy Warhol – O contraste é forte, apesar de não ser tanto como o das cores complementares. Este tipo de combinação traz maior harmonia e equilíbrio entre as cores.

sala azul vermelha verde e amarela

Olha como as cores trazem bastante alegria e harmonia, sem ser chocante.

circulo cromatico

Dois pares de cores complementares.

cozinha moderna

Os pares rosa+verde e azul+laranja compõe um único ambiente. Os tons são bem saturados, o que dão um certo stress no ambiente.

sofa colorido

A mesma combinação com tons mais suaves, trazendo mais paz no meio de tantas cores.

Viu como dá pra brincar?? Pra quem quiser se divertir com essas técnicas, vale a pena conhecer um simulador no site Color Scheme Designer e no simulador de ambientes da Coral.

Source Colorfaq

E para continuar aprendendo sobre cores na decoração tem mais na página sobre Cores na Decoração.