Série Cozinhas: Ilhas Paradisíacas

Um dos posts que eu mais gostei de fazer até hoje foi um sobre o triângulo de trabalho na cozinha, AQUI. Lembrando que o triângulo é imaginário e deve se formar entre as 3 áreas de trabalho na cozinha: cozinhar, lavar e armazenar a comida, o que se traduz em linhas gerais por fogão, pia e geladeira. O layout é importantíssimo para que a cozinha seja funcional e eficiente, minimizando a distância e eliminando obstáculos entre as áreas mais importantes de trabalho.

E quando estamos falando de cozinha integrada o layout da cozinha ganha uma nova variável: a interação com os convidados, que não estão cozinhando. Quem tem a sorte de construir ou reformar totalmente um imóvel pode escolher o layout com mais liberdade e, cada vez mais, tem optado por construir ilhas. Mas, fazer uma cozinha com ilha não é simples. Ao se decidir por um layout, deve-se considerar as diferentes necessidades de infra-estrutura – elétrica, hidráulica e/ou gás encanado. Afinal de contas, se não tem mais parede, toda a tubulação e fiação tem que chegar até os equipamentos pelo piso. Isso dá trabalho.

cozinha americana

A parede da cozinha em U pode ser parcialmente eliminada formando uma quase-ilha, diminuindo a necessidade de quebra-quebra no piso (1)

A ilha pode ser somente um espaço de trabalho da cozinha, abrigando a pia e/ou o fogão, ou simplesmente dar mais espaço para cortar legumes e abrir uma massa. Mas também permite receber as pessoas que não estão cozinhando, sem que elas fiquem no caminho do chef.

sala integrada com cozinha

Esta ilha tem a função de ser uma área de trabalho para o cozinheiro/chef, mas permite acompanhar a conversa que rola na mesa de jantar (2)

ilha de cozinha

Já nesta, os convidados acompanham de perto o processo todo, do outro lado. A vantagem é que quem está cozinhando fica de frente pra todo mundo (3)

Repare que a altura da bancada da cozinha não é a melhor do mundo para se fazer uma refeição, fica incômodo. Os banquinhos de bar são uma solução para bater um papo informal enquanto se prepara a refeição. Na hora de comer de verdade, uma mesa de jantar com cadeiras, em uma altura mais ergonômica, vai fazer falta.

bar na cozinha

Uma bancada mais alta traz um pouco mais de conforto para quem fica nos bancos, mas ainda assim não é a solução mais confortável, com os pés pendurados. Pense bem na sua rotina, se esses banquinhos depois não vão ficar aí só ocupando espaço, inúteis (4)

cozinha com ilha

Não tenho certeza, mas parece que tem um banco de madeira atrás desta ilha, o que seria demais. Eu adorei a solução de colocar um painel de vidro atrás do cooktop, é uma forma de proteger os "espectadores" dos perigos do fogão sem interferir na estética (5)

Mas se você quer unir a sala de jantar à cozinha, mesmo, existem soluções bacanas.

bancada na ilha da cozinha

A mesa pode ser a extensão da ilha, em uma altura mais ergonômica. A coifa, centralizada, equilibra visualmente toda a cozinha sendo seu ponto focal, ao centro. As linhas retas e paralelas, com distâncias proporcionais, dividem o pé direito de forma quase simétrica, uma cozinha linda visualmente. Mas eu teria tentado encontrar outra solução para evitar deixar o cooktop tão perto da mesa de jantar... (6)

ilha de cozinha

Por falar em coifa e design, olha que solução genial para quem não quer que a coifa seja o centro das atenções - depurador embutido no gesso! Fica com cara de sala, super integrada com o resto da casa (7)

ilha de trabalho

Mas cuidado para a ilha não ficar no meio do caminho, quebrando o triângulo de trabalho entre a pia, o fogão/forno e a geladeira, como neste caso. Aqui, na minha opinião, a ilha só ocupa espaço e atrapalha (8)

Espero que você tenha a sorte de poder ter a sua ilha particular 😉

Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Ford na Cozinha

Os administradores, engenheiros e marketeiros vão se lembrar de Ford e da obsessão por produtividade que ele tinha, chegando a dizer que poderiam ser produzidos automóveis de qualquer cor, desde que fossem pretos. O motivo disto era que a tinta na cor preta secava mais rápido e os carros poderiam ser montados mais rapidamente.

Os arquitetos também enxergaram na cozinha as células de trabalho especializadas: o fogão, a geladeira e a pia. A partir dessas células, analisaram o processo de preparação de alimentos para otimizá-lo e eliminar movimentos inúteis.

planejamento cozinha

Com esse estudo, nos anos 50, surgiu o work triangle (triângulo de trabalho) para que a preparação de alimentos ocorresse de maneira funcional, com a máxima eficácia, evitando o risco de acidentes e congestionamento de pessoas dentro do cômodo.

distribuicao cozinha

Algumas regras básicas do work triangle na cozinha:

1 – A distância entre um vértice do triângulo e outro deve estar entre 1,20m e 2,75m para otimização de espaço e ergonomia.

2 – Não pode haver nenhum móvel  no caminho desenhado pelo triângulo – mesas de almoço, armário… nada!

3 – O triângulo não pode estar no caminho de pessoas que não estejam cozinhando, como as que entram na cozinha só para pegar uma bebida na geladeira.

melhor posicao cozinha

Diversas disposições para formar o triângulo.

O work triangle é um ponto de partida importante para desenhar uma cozinha. Mas muita coisa mudou nos últimos 60 anos, quando ele foi concebido. Inúmeros eletrodomésticos que não foram contemplados no estudo se popularizaram – micro-ondas, lava-louças, forno elétrico, cooktop, para citar os mais importantes. Para ajudar a fazer um projeto de cozinha com funcionalidade, os vértices do triângulo podem ser alterados para setores, em vez de eletrodomésticos, como armazenagem (geladeira, freezer e despensa), limpeza (pia e lava-louças) e cocção (fogão, micro-ondas, forno e cooktop).

E o estilo de vida de cada um é bastante relevante também. O conceito de que somente uma pessoa prepara os alimentos já não é sempre verdade – muitos maridos entram na cozinha para ajudar (ou pelo menos tentam), alguns até convidam amigos para servir sua mais nova receita de risoto, viram verdadeiros chefs, e os convidados resolvem entrar na farra para checar o corte daquela faca nova que ele tanto falou.

cozinha moderna

Olha que delícia! Dá até vontade de cozinhar…

As cozinhas abertas e ilhas estão cada vez mais populares, já que a cozinha está virando o centro social da casa, cômodo que antes era escondido e considerado “área de serviço”. E com tudo isso, o vai e vem na cozinha muda bastante. No meu apartamento, por exemplo, como a cozinha é aberta para a sala de jantar e estar eu eliminei a entrada de serviço. Eram duas portas que levavam ao mesmo lugar e ocupavam uma parede que seria útil para colocar armários.

Mas vamos observar com outros olhos algumas cozinhas lindas e super modernas.

cozinha azul e madeira

Esta cozinha parece funcional para você? Tente encontrar o triângulo. Aqui você só anda de lado.

cozinha moderna

Imagino que aqui todas as travessas vão do forno direto pra sala, né? E ninguém passa no corredor enquanto isso, hein?

cozinha clean

No caminho entre a pia e a geladeira temos dois móveis e um corredor, imagina a quantidade de tropeços e a caminhada diária para se cozinhar aqui.

Mas nem sempre a funcionalidade ao cozinhar é a prioridade. Tem gente que só tem cozinha para não morrer de fome, mora em kitchenettes super apertadas. Também é uma tendência de comportamento e tem gente cuidando disso. Olhem as cozinhas conceito all in one aí embaixo.

design cozinha

Geladeira, micro-ondas, pia e lava-louças. Linda, não?

design na cozinha

É sensacional, mas eu ia ficar meio tonta de ficar andando em círculos.

design de bancada de cozinha

Esta é boa para quem cozinha de verdade só de vez em quando.

Mas eu prefiro uma cozinha de verdade, completinha e funcional. E pra isso não precisa ser nada longe de ma-ra-vi-lho-sa.

cozinha vermelha preta e madeira

Divertida e inesperada, a minha cara esta daí.

cozinha clean e contemporanea

Ampla, integrada, minimalista e funcional. Excelente.

cozinha moderna branca

Toda branca, super equipada e linda.

Viu como dá pra conciliar estética e funcionalidade?

Mais um post de cozinha AQUI.

Fontes: NAX, Dynamicspace

Imagens: Design Milk, Weburbanist, Record Cucine e TokStok