Montando um quarto lúdico

Essa semana nossa colaboradora Marina Teiman fala sobre como transformar o quarto de seus filhos em um ambiente mais lúdico, com pequenas ideias. Aproveita e vai lá conhecer o blog dela, Parabólica.

Por Marina Teiman

Hoje resolvi me dedicar aos ambientes infantis. Se tem uma coisa que eu acho que combina muito com a decoração de quartos de crianças é o lúdico. Estimular a criança a brincar desde cedo é tão importante para seu desenvolvimento motor, como para a sua criatividade. Não há nada mais importante para a criança do que o brincar. Que tal fazermos a nossa parte estimulando-os?

Separei algumas soluções simples e de baixo custo que transformarão completamente o quarto de seus filhos em um lugar interativo e atrativo.

Quarto infantil com base de lego verde na parede, em que criança pode montar peças

Sou fã da Lego, e adorei essa ideia de cobrir as paredes (faria apenas uma para dar mais amplitude ao quarto) com as placas de base verde. Depois, é só encaixar as pecinhas e se divertir. O mais legal de tudo é que a proposta é válida tanto para as meninas como para os meninos.

Papel de parede imitando uma lousa, lousa no quarto infantil para a criança desenhar

Outra solução para as paredes seria cobri-las com um papel de parede que imite uma lousa, o que as deixaria bem mais divertidas. Ou, melhor, pintá-las com tinta de lousa para que a criança mude sua decoração quando quiser. Dá até pra fazer a lição de casa. Mais uma proposta unissex.

Calendário personalizado em quarto infantil ajuda crianças a lembrar de compromissos

Calendários também são ótimas opções. Esse é importado e vem com todas as atividades para a criança preencher, mas você (e seu filho, claro) pode criar um bacanérrimo e personalizado. Sem contar que é divertidíssimo tornar o preenchimento do calendário um hábito antes de dormir. Ajuda a criança a se organizar e a ter a segurança de que elas tanto precisam.

Cama infantil com gavetas que se transformam em espaço para a criança brincar e montar quebra-cabeças. Na prateleira de baixo as outras peças ficam guardadas

Essa é uma opção mais trabalhosa, mas ótima para a criança aprender a brincar de guardar também! A primeira prateleira serve para montar jogos e brincadeiras e fica intacta, sendo que a atividade pode ser continuada depois. Já na de baixo, fica o restante das peças a serem guardadas.

Fotos: 1,2,3 e 4

Casa de 1751 ganha banho de tinta e fica com a cara dos donos

Numa bela e antiga construção de 1751, a artista Kristin e seu marido Nicholas Mark passaram os últimos 14 anos pintando e repintando cada ambiente, conferindo aos cômodos um pouco de sua própria personalidade.

Tons fortes em verde, vermelho e azul contrastam com estampas geométricas nas paredes e nos acessórios, enquanto fotos antigas e o mobiliário de família dão uma pitada vintage à decoração.

biblioteca verde, móveis e objetos antigos, decoração vintage
Neste escritório, por exemplo, uma pintura de verde lavado na parede faz contraponto com a manta vermelha sobre a cadeira e o tapete turco. A máquina de escrever sobre a mesa de madeira e as dezenas de livros na estante, dispostos de forma aleatória, dão um toque pessoal ao espaço. As lanternas turcas penduradas também fazem a diferença e deixam a casa mais charmosa.
sofá listrado, papel de parede geométrico e cadeira vermelha na biblioteca
No living, a artista criou seu próprio papel de parede, recortando tampas de caixas do correio americano, colando-as umas sobre as outras e soltando sua criatividade na hora de pintá-las à mão. Mais uma vez são as fotos antigas, os móveis e outros objetos que mostram que vive uma família ali, e que não se trata apenas de um showroom de decoração.
Painel antigo de madeira cobre a lareira na sala e objetos trazidos de viagem dão toque pessoal à decoração
No entorno da lareira, o painel de madeira foi preservado. Objetos trazidos de viagens e algumas fotografias arrematam o visual.
Sala com parede estampada e florida, quadros e móvel antigo de família repaginado
Neste cantinho da parede, a pintura à mão faz a diferença. O aparador é herança da tia-avó da artista e, após ter recebido uma fina camada de tintura preta ficou um pouco mais moderna.
Cozinha rústica com móveis de madeira coloridos, piso de madeira de demolição, luminária de ferro fundido antiga, mesa de madeira antiga
Na cozinha, o móvel da avó foi repaginado. Ganhou tintura laranja e uma cortina de bordado no lugar de uma porta quebrada. Na copa, o piso de madeira de demolição foi mantido e combina com a madeira da mesa antiga. A luminária de ferro fundido preto complementa o aspecto rústico/retrô.
luminárias de papel, teto de madeira, cadeiras coloridas na sala de jantar
O casal construiu ainda um segundo ambiente para as refeições, que ficou divertido com lanternas de papel, quadrinhos e cadeiras coloridas.
Sala de estar com móveis de vime, luminárias antigas pintadas à mão e almofadas coloridas
Como extensão do ambiente de refeições, foi criada uma colorida área para as visitas, a partir de mobiliário de vime, almofadas de estampas distintas e luminárias antigas. Veja que a iluminação natural, vinda de janelas bem amplas, faz com que o espaço pareça maior do que realmente é.
quarto com parede laranja de patna ganha ar rústico com madeira aparente no teto
Neste quarto, os moradores optaram por brincar com tons quentes, como laranja, rosa e amarelo. O quadro na parede, que fica rústica com suas madeiras aparentes, se destaca por conta da cor verde.
banheiro tem metade da parede em madeira branca e a outra metade da parede amarela, com banheira antiga e manchada
Nem o banheiro escapou das cores! Metade da parede é coberta com réguas de madeira e a outra parte com tinta amarela. Veja que propositalmente foram deixadas algumas marcas de tinta na banheira, reforçando a mensagem de que ela já é bem antiga.
fachada da casa americana branca construída em 1751, decorada com cores por artista
Casa branca antiga de 1751 ganhou anexo de madeira
Por fim, vejam que singela a fachada da casa, que há dois anos recebeu um anexo de madeira.
Fotos: Houzz

Curvas e fluidez em parque temático da Porsche

A nossa colaboradora Débora Foresti está de olho em tudo de bacana que rola lá na Europa. Dessa vez, ela trouxe pra gente os detalhes de um parque temático feito pelo escritório alemão Henn, e que abriga alguns carros da marca Porsche.

Por Débora Foresti

O escritório de arquitetura alemão Henn criou esse pavilhão de linhas simples e orgânicas. Com seu telhado de aço curvo, a construção abriga alguns carros da marca Porsche, no parque temático Autostadt em Wolfsburg, na Alemanha.

parque temático Autostadt, com carros da Porsche, na Alemanha

A beleza desse projeto é inegável. Sua estrutura, em um balanço de 25 metros sobre o “rio” que serpenteia o parque é, sem dúvida alguma, impressionante! Suas linhas curvas e suas dobras estimulantes tornam o pavilhão uma escultura dinâmica, com formas derivadas da imagem da marca Porsche.

Pavilhão da Porsche, construído pelo escritório alemão de arquitetura Henn

Estrutura de 25 metros margeia rio do parque Autostadt, na Alemanha

Do modo que foi projetada pelo escritório Henn, a estrutura captura o fluxo dinâmico do ato de dirigir, e o olhar do visitante acompanha cada curva em looping infinito. O revestimento, em aço inoxidável, forma o envelope vibrante do prédio dando a impressão de uma unidade homogênea. Mas também cria uma aparência de constante mudança por refletir as condições do clima e da luz ao seu redor.

 Estrutura foi projetada pelo escritório Henn

Embaixo da estrutura em balanço, forma-se um espaço externo coberto que é visualmente conectado à paisagem circundante. Ao mesmo tempo, compõe sua própria caixa acústica e tem capacidade para algumas centenas de convidados.

parque temático Autostadt, com carros da Porsche, na Alemanha, foi projetado pelo escritório Henn

Arquitetura e paisagem, interior e exterior, bem como telhado e fachada são reunidos pelo escritório Henn no seu conceito arquitetônico de um espaço contínuo, fluido e coerente.

 Parque temático Autostadt, na Alemanha

Similar às tecnologias usadas para estruturas leves nas indústrias automotiva e aeroespacial, o envelope do edifício forma um invólucro espacial que atua, ao mesmo tempo, como suporte estrutural.

No total, 620 folhas de papel de revestimento em aço inoxidável com nervuras soldadas foram pré-fabricadas em outra cidade e montadas no local. Dentro do pavilhão, o espaço se abre e permite ao visitante experimentar os carros da marca Porsche e conhecer sua história, deixando de lado restrições e limites convencionais.

A rampa elíptica abraça o princípio dinâmico da arquitetura e leva o visitante às áreas mais baixas do palco de exibições.

parque temático Autostadt, na cidade de Wolfsburg

Curtiu? Vai lá e prestigia o blog da Débora!

Fotos: 1,2,3,4,5,6 e 7

Brinque com móveis multifuncionais e ganhe espaço

Dando continuidade à nossa série de posts sobre apartamentos pequenos, vamos falar hoje de móveis multifuncionais, que economizam espaço e deixam a casa mais criativa. Essa tendência é tão forte que já existem no mundo algumas lojas especializadas nesse tipo de design, como é o caso da Resource Furniture, em Nova York.

Ali você encontra de tudo. Que tal, por exemplo, essa mesa de centro que vira mesa de jantar? Ideal para ambientes menores, onde apenas raramente o dono recebe convidados para uma ocasião mais formal ou para uma refeição à mesa.

mesa de centro multifuncional

Além de linda, parece bem fácil de montar!

Outra solução superprática, especialmente para quem mora em um loft ou um conjugado, é essa cama de casal que pode ser facilmente embutida à parede, transformando-se num sofá. O importante nesse tipo de móvel é que a  montagem seja fácil e que você não precise recorrer à ajuda de ninguém.

sofá se tranforma em cama de casal e pode ser embutido na parede

Nesse exemplo, basta levantar a cama em direção à parede, que uma outra peça, que servirá como assento do sofá, descerá para acomodar as visitas.

E o que dizer desse escritório que também se transforma em cama? É ideal para quem tem um quarto de visitas reversível. É só baixar e levantar a cama. O bom é que o suporte que serve de mesa é apenas erguido, sem que precise ser retirado, de forma que todos os objetos de uso permanecem ali.

Mesa de escritório se transforma em cama e economiza espaço

mesa de escritório, no quarto de visitas, pode se tranformar em cama

Pra quem tem um bebê em casa, nada de desperdiçar o berço. Veja esse modelo: ele se transforma tanto em mesa para atividades da criança, quando ela cresce, quanto em uma linda opção para o escritório.

berço se transforma em mesa

móveis multifuncionais e criativos como berço que se transforma em mesa

Outro ponto importante em espaços pequenos é dar fim à bagunça. Que tal essa mesa de centro para esconder os controles da TV, do DVD e etc?

Mesa de centro da sala tem esconderijo para controle remoto

Pra quem curte tomar o café da manhã na cama, tem essa mesa de cabeceira com uma bandeja embutida. Achamos um luxo!

Bandeja sai da mesa de cabeceira ou do criado mudo da cama

Lembra que a gente já andou falando aqui sobre oito dicas para decorar pequenos espaços e sobre soluções criativas para criar mais espaço em casa!

E você, tem algum móvel multifuncional em casa? Conta pra gente!

Fotos: 1,2,3 e 4, 5 e 6, 7 e 8

Cores de Natal – Azul

Pois é… o ano já está chegando ao fim e os shoppings começaram a se preparar para o Natal. Não é culpa minha, tá? Também não tenho nada a ver com o fato de que todo mundo decora tudo igual e que falta criatividade para decorar a cidade. Mas posso dar algumas dicas pra você não cair no lugar comum do verde-vermelho-dourado e ousar um pouquinho mais.

Aliás, criei uma nova página só pra reunir os diversos posts que já fiz e que ainda vou fazer sobre decoração de Natal, viu? Tá AQUI.

Hoje algumas imagens para te inspirar a ter um Natal azul…

decoracao de natal cores

1. O azul bebê, em destaque pelo fundo branco, deixa o ar leve e discreto, super delicado e charmoso

decoracao de natal em azul e branco e prateado

2. O azul turquesa interage com diversos tons de verde sem fazer tanto contraste, em combinações harmoniosas e sutis. O prateado funciona como o branco mas traz mais glamour. Se você quiser, pode se inspirar no azul da Tiffany's e fazer um Natal puro luxo!

Imagens:

1 – RSH, Cottage Living, rol.vn

2 – Coastal Living, Canadian House and Home, Belle Maison

Móbiles pra gente grande

Todo mundo conhece os móbiles. Mas a maioria das pessoas só se lembra daqueles móbiles de ursinho para quartos de bebês ou, no máximo, aqueles de sistema solar para crianças, sabe?

Mas eles são muito mais versáteis. Móbiles são esculturas com peças móveis, que brincam com o equilíbrio e o movimento, verdadeiras obras de arte. E, como tal, podem compor a decoração da sua casa ou trabalho lindamente. O artista mais conhecido desse mundo é o Alexander Calder, que viveu entre 1898 e 1976.

escultura de calder

Os móbiles de Calder geralmente são gigantescos, mas reparem como flutuam com leveza e dão um toque de arte com modernidade.

Não, não é todo mundo que pode ter um Calder em casa. Precisa ter muito dinheiro e um pé direito fora do padrão para abrigar essa obra de arte. Mas existem móbiles comerciais lindos que podem ser usados em todos os ambientes da casa e do escritório. Muitos, inclusive, inspirados na obra de Calder.

sala de jantar colorida

1. Para uma sala de jantar sem um pendente central. A mesa oval conversa com as formas circulares e as cadeiras vermelhas com o colorido do móbile. Dão um toque de descontração delicado e jogam o olhar pra cima.

2. Para quem já tem uma luminária pendente, um móbile fácil de fazer (com recortes de revista) dá um toque de cor e chama a atenção para um cantinho antes sem graça, ou ajuda a dividir ambientes.

sala de jantar lilas

3. Os círculos vazados trouxeram leveza para o ambiente super moderno e cheio de linhas retas.

mesa de jantar com bancos

4. Uma festinha fica mais alegre e descontraída com móbiles também. Aproveita pra reparar no banco diferente dessa sala de jantar, e como a forma circular do móbile fazia todo o sentido para esta decoração.

luminaria sala de jantar

5. Para quem tem um bom pé direito essa luminária-móbile deixa a sala mais interessante.

sala com lareira

6. Uma sala minimalista e clean pode se beneficiar de um móbile "Calder like" para valorizar o pé direito.

mezanino

7. Para aquele vão do mezanino, do hall ou da escada, lindo.

8. Também trazem movimento e leveza para o quarto de casal, sobre a mesinha de cabeceira.

quarto rustico e romantico

9. Um quarto tão aconchegante só fica mais gostoso ainda com esse móbile. Para deitar e relaxar observando os movimentos dos flocos de neve flutuantes.

decoracao mezanino

10. Um corredor vazio se enche de graça...

11. Uma janela fica mais divertida...

canto de leitura com mobile

11. E qualquer cantinho ganha um toque de classe com um bom móbile...

Quer passear na internet e se inspirar em móbiles bacanas? Seguem alguns links que eu adorei. Se você conhecer algum bom artista ou loja, compartilhe com a gente também!

Móbiles Manufatura

Hanging Mobile Gallery

Schmitt Design

Bookhou

Puka Puka

JFJones

The Wonderland Studio

Design Public

Museum of Contemporary Art – Chicago

Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12

Roxo na decoração – parte 2

No post passado mostrei como o roxo, em diferentes tons e texturas, pode trazer climas bem distintos aos ambientes. Mas foi um post mais cauteloso, de pequenos toques de cor, de pouca ousadia, usando o roxo apenas com o branco ou o cinza, tudo bem neutro. Hoje a ideia é justamente fazer o oposto: mostrar como o roxo pode combinar com tudo e usar ou não outras cores em conjunto só vai depender do conceito do seu projeto.

cores analogas e complementar ao roxo

O roxo é a mistura de azul e vermelho, portanto estas são as suas cores mais próximas e que ficam mais harmônicas ao seu lado.

Relembrando o círculo cromático, é fácil perceber que as cores vizinhas, ou análogas, são o vermelho e o azul. A mistura com cores análogas é bem intuitiva e tende a ser harmônica, sutil, sem muito contraste para assustar. O azul reforça a frieza do roxo, enquanto o vermelho vai puxar para mais energia no ambiente. É uma boa forma de tirar o roxo de cima do muro 😉

Já o amarelo é a cor mais distante, por isso de maior contraste com o roxo, é a sua cor complementar. As duas cores juntas são marcantes, chamam a atenção e têm potencial para fazer coisas lindas.

cores na decoracao

Mas lembre-se que existem infinitos tons (ou matizes) para cada cor. O roxo pode ser lilás, violeta, vinho... o vermelho passeia pelo rosa, tijolo e até marrons... o azul pode ser turquesa, marinho, royal... e por aí vai.

Então vamos ver exemplos de como ficam essas combinações.

parede violeta de quarto

1. A parede violeta é suave e o biombo florido, que funciona como cabeceira da cama, reforça a delicadeza. Mas o azul escuro, no piso e na colcha, bota ordem na casa e não deixa o quarto ficar feminino demais. Faça um teste e tampe a metade de baixo da foto, depois tampe a metade de cima. Sensações diferentes, né? E o conjunto das duas metades traz um meio termo interessante.

sala azul e roxa

2. O sofá tinha tudo para ser frio - a cor e o brilho. Mas as almofadas em tons de roxo e com texturas quentinhas dão uma quebradinha e animam a sala. Olhe o amarelo aí no meio, formando uma combinação tríade - duas cores análogas e uma complementar. Ele dá uma quebradinha na harmonia das cores análogas e traz alegria. Tampe a almofada amarela e veja a diferença.

parede roxa e teto azul

3. Esse tom de roxo é uma cor que, na nossa cultura, remete à morte. Não sei você, mas essa meia luz, o ambiente formal e cheio de roxo me dão a sensação de estar um jantar fúnebre. O azul não ajuda a quebrar esse clima, só reforça a formalidade e o peso do ambiente. O xadrez amarelinho das cadeiras até tenta, mas não é suficiente...

sala azul e roxa

4. Mas parede e teto em azul e roxo não vão ser fúnebres sempre. Olha que sala alegre. Tons mais suaves, iluminação natural, estampas divertidas, fibras naturais e madeira - um clima de fazenda moderninha, né? A escolha do vermelho e do rosa para os objetos e móveis deixa tudo super colorido mas ainda no aconchego de cores próximas, sem muito stress.

sala roxa azul e rosa

5. Adoro esta sala de jantar. As cadeiras são de cores diferentes mas conversam entre si, os tons são próximos e deixam tudo coerente, bem resolvido. O branco alivia os tons escuros e deixa tudo mais leve, mas a cor continua distribuída verticalmente através da cortina. E a luminária, apesar de bonita, não interfere no jogo de cores e fica discreta. Tudo muito elegante e delicado. E roxo.

Se você gosta da combinação de azul com roxo, tem um post (um dos meus prediletos aqui do blog) que fala mais disso e tem outras fotos fantásticas: Azul Avatar.

hotel grego

6. No post anterior vocês viram um outro ângulo deste ambiente - olha a cama violeta ao fundo. Agora os toques de pink e vinho mostram que entramos em um outro ambiente mas ainda mantém a mesma linguagem.

parede rosa e janela roxa

7. Olha que combinação poderosa. Pink e roxo. Uma fachada marcante, alegre e feminina.

parede cinza na sala

8. Tons mais acinzentados deixam a sala mais clássica. O tapete violeta dá destaque aos móveis de cores neutras e as almofadas em rosa e amarelo distribuem um pouco o olhar.

tapete roxo e marrom

9. Mas um sofá roxo tem seu lugar. Pesadão, ele foi diluído na parede rosa e no tapete violeta e marrom. A almofada pink deixa um toque interessante que reforça o lado quente do roxo.

lavabo com parede colorida

10. Uma parede super criativa para o lavabo: tons de roxo, rosa, azul e amarelo. Inesperado, não?

Se você gosta de roxo com amarelo, tem um post só dessa combinação AQUI. Mas ninguém falou que só podemos ficar passeando entre o vermelho e azul, e adicionando pitadas de amarelo, hein? O verde e o laranja também dão show com roxo.

quarto feminino em lilas rosa e verde

11. Um quarto super feminino, com parede lilás e colcha rosa. O tapete florido em tons de rosa e verde abraça o criado mudo e a cadeira de acrílico verdes. Se alguém te fala que viu um quarto roxo, rosa e verde você vai logo imaginar um circo, né? Mas olha como pode ficar gostosinho.

sofa lilas com almofadas rosa e laranja

12. Uma sala toda lilás com toques de azul, rosa e laranja. O contraste do roxo com o laranja é menos intenso que com o amarelo. Além disso, o laranja também tem o vermelho na sua composição, "esquentando" um pouco o visual.

parede listrada

13. Há! Falei que este post era pra ir um pouco além e ser mais ousado. Eu não conseguiria dormir neste quarto, e acho que no segundo dia já ia querer dar um tiro na cabeça. Mas imagine esta composição em uma brinquedoteca ou na entrada de uma academia de ginástica, quem sabe numa discoteca. Eu adoro a coerência das linhas em todas as direções: parede, teto e piso. E as cores vivas e brilhantes são lindas.

sala colorida e estampada

14. Mas dá para ser ousado sem apelar, olha como o uso de uma estampa moderna e colorida integra uma parede roxa, uma azul, um sofá laranja e um azul.

O que tem de roxo na sua casa? Quero ver…

Imagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 14