Cores na Decoração – tons e matizes

Ainda estão lembrados do círculo cromático?

circulo cromatico

Que a partir das combinações das cores básicasazul, amarelo e vermelho – sempre duas a duas, vão se criando as cores secundárias, etc? Mas nós não falamos do preto nem do branco (tinha que dividir meu surto nerd em duas partes).

O preto e o branco são os elementos neutros. Eles nos dão as matizes. Quando você quiser um azul bebê você precisa adicionar a tinta branca à tinta azul. Ou se você quiser um verde bem escuro, adiciona-se tinta preta ao verde. Outra alternativa ao preto para escurecer ou dar sombra a uma cor seria utilizando a sua cor complementar. E fazendo essas dosagens dos elementos neutros nas cores, o círculo se fecha – branco ao centro, e preto no limite.

roda das cores

Círculo Cromático – agora com as matizes.

Uma cor está saturada quando ela tem pouco branco e/ou preto, parece que brilha, chega a doer, sabe? As menos saturadas tem os elementos neutros misturados, e são menos vivas. Mas a regra de combinação de cores complementares continua valendo.

cabeceira amarela

A parede é roxa, mas bem escurecida, tem preto na composição. E o contraste com o amarelo continua lindo.

É aí que algumas pessoas começam a reclamar – “não existe cor berinjela, isso é roxo!”. De certa forma sim, elas tem razão. Esses nomes diferentes são usados para facilitar o entendimento da tonalidade exata de uma cor, já imaginou a infinidade de cores que existem?