Street Art – os graffiteiros vão invadir sua casa

Já pensou numa parede da sua sala igual a um muro da Vila Madalena? Comece a pensar, mais dia menos dia você vai se render à verdadeira arte de rua, se é que já se rendeu e ainda não sabe. Os Flash mobs são arte de rua, assim como o graffiti e o estêncil. E os adesivos ingênuos nas paredes da sua sala também são influência do que antes eram consideradas pixações nos muros.

Relaxe, hoje sabemos separar o vandalismo da verdadeira arte, e diversos artistas são conhecidos internacionalmente, são contratados para desenvolver propagandas, embelezar uma fachada ou valorizar a parede de casa. E não vão presos por isso.

arte urbana

Ação publicitária no Chile, em muros graffitados.

Os Gemeos grafiteiros

Os graffiteiros paulistanos Os Gemeos, Nina e Nunca foram convidados a se divertirem no castelo Kelburn, na Escócia, enquanto estava em restauração.

projecao de pintura com luz

Graffiti projetado no Taj Mahal.

E separando o vandalismo do que é verdadeira arte, por que não levar a arte de rua pra casa, ou pro escritório?

Fachada por Banksy, um dos mais famosos graffiteiros do mundo.

O prédio fica com outra cara depois desse trabalho de Alexandre Vasmoulakis, em Atenas.

Olha que divertida esta fachada em Cannes.

os gemeos

Os Gêmeos já até participaram da Casa Cor, repare no teto deste ambiente, .

O graffiti nesta parede dá o tom moderno da sala, acompanhado pelas linhas retas do sofá vermelho.

adesivos teto quarto

Olha que suave que fica o trabalho feito no teto, paredes, móveis e piso.

Para quem quer só um toque de arte de rua em casa, existem quadros que podem compor bem com o restante do ambiente sem ser o centro das atenções.

Luminárias podem complementar o quarto de um adolescente com arte.

Ou cadeiras que parecem ter saído de um beco sem saída.

Olha que geladeiras divertidas! Esses são adesivos, que são fáceis de retirar. O que significa que dá pra variar quando enjoar do visual.

Até Louis Vuitton apelou para o graffiti.

E você, quando vai aderir?